Audiência com o Procurador-Geral da República

Uma delegação da URAP, constituída pelo Coordenador Aurélio Santos, Paulo Marques, do Conselho Directivo e Helena Bruto da Costa, jurista, foi hoje recebida em audiência pelo Procurador-Geral da República.

A URAP pediu essa audiência para expressar a sua preocupação pelas insistentes actividades de grupos e forças que se afirmam de cariz fascista, com expressão estranha ao regime democrático português, garantido pela Constituição da República.

A URAP dirigiu-se à Procuradoria-Geral da República por considerar que a este órgão cabe a defesa da legalidade democrática, para protecção de interesses e direitos que podem ser gravemente ofendidos, estando em causa valores tão fundamentais como a liberdade, a igualdade, a justiça.

O Procurador-Geral ouviu as razões de preocupação manifestadas pela URAP e afirmou que a Procuradoria-Geral tem estado e continuará atenta a essas questões.

Assegurou também que agirá contra quaisquer actos que possam consubstanciar ilícito penal.

Print Friendly, PDF & Email

Segue-nos no...

logo facebook

Boletim

foto boletim

Faz-te sócio

ficha inscricao 2021Inscreve-te e actualiza a tua quota
Sabe como

Quem Somos

logotipo urap

A URAP foi fundada a 30 de Abril de 1976, reunindo nas suas fileiras um largo núcleo de antifascistas com intervenção destacada durante a ditadura fascista. Mas a sua luta antifascista vem de mais longe.
Ler mais...

Últimos Artigos

União de Resistentes Antifascistas Portugueses - Av. João Paulo II, lote 540 – 2D Loja 2, Bairro do Condado, Marvila,1950-157, Lisboa